Ah! Que beleza

Era manhã de quinta
Eu estava sentado na quinta
Sentindo a brisa me envolver
E dos agrados da música me entreter
De repente vi a muza
Tão linda e formoza
Cheia de curvas e beleza
Jeito meigo e repleto de leveza
Ah! Que beleza!
Ah! Que beleza!
Lá estava eu boquiaberto
Aproximei em câmera lenta
Para ver ela de perto
Enquanto ela passava de forma lenta
Estava tudo magnífico
Ver aquela belezura
E quando ela sorriu
Não consegui mexer-me fiquei paralizado
O meu dedejo se encheu de frescura
O meu coração explodiu
Explodiu de amor
Por aquela linda flor
Ah! Que beleza!
Ah! Que beleza!
Tu me tiras do sério
Até me deixaste mudo
Mudo e um bom contemplador
Me belisque para eu acordar e voltar ao mundo
Abraçado a ti e me sentir um imperador
Me ajude a decifrar esse mistério
É que tu tens um olhar encantador
Oh! Minha flor
Tão linda e formoza
Cheia de curvas e beleza
Jeito meigo, e repleto de leveza
Ah! Que beleza
Ver aquela belezura
E quando ela sorriu
O meu desejo se encheu de frescura
O meu coração explodiu
Explodiu de amor
Por aquela linda flor
Ah! Que beleza!
Ah! Que beleza!
Tu me tiras do sério
Até me deixaste mudo
Me ajude a decifrar esse mistério
Ah! Já sei
Ah! Eu estou apaixonado por ti
Por ti bate o meu coração
Eu e tu que beleza
O meu coração explodiu
Explodiu de amor
Por aquela linda flor
Ah! Que beleza.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close